domingo, 9 de março de 2014

O encanto da Marujada



COMO SURGIU
      Em nossa região, mais precisamente em Bragança-Pá, a marujada surgiu em 1798, quando os Senhores brancos atenderam a um pedido dos escravos para organizarem uma irmandade e uma festa em louvor a São Benedito. Os escravos então agradeceram ao gesto dos Senhores indo dançar na frente de suas residências. Hoje a Marujada é uma das maiores festas culturais e religiosas da região bragantina realizada no mes de dezembro.
 Teatro da Marujada

TRAJES
      Saia bem rodada de cor vermelha, blusa de cambraia branca e uma faixa vermelha de gorgorão e acabamento com uma rosa. O chapéu é bem vistoso, confeccionado em  palha, forrado de tecido branco, com uma espécie de armação de arame onde ficam as flores feitas de penas de pato, brancas. Essas flores cobrem inteiramente o chapéu, com abas que pendem fitas largas, de cores diversas, bem compridas. A capitoa carrega um bastão dourado em suas mãos, simbolizando a sua autoridade e é escolhida pela sua idade. Os homens usam calça e camisa branca e chapéu de palha, as vezes revestidos de tecido branco.
 Imagem Google

DESENVOLVIMENTO
      A Marujada é caracterizada pela dança. Não há palavras ou dramatização e o ritmo é o retumbão. A ‘’capitoa’ ’ direciona todo o desenvolvimento do grupo em duas filas, com passos curtos e ligeiros e muita disciplina.
Imagem Google

2 comentários:

  1. Vänner är änglar som lyfter dina fötter
    när dina egna vingar har glömt bort hur man flyger.
    Ha en fin dag kram Night Lady

    Friends are angels who lift our feet
    when our own wings have trouble remembering how to fly.
    Love and hugs Night Lady

    ResponderExcluir

Comente: